(27) 3255-9999
Home » Geral » Plantas ornamentais que podem intoxicar cães e gatos

Plantas ornamentais que podem intoxicar cães e gatos

29/09/2016

Quem já teve cães filhotes sabe que uma das situações bastante comum é ele morder o que encontra pela frente. No entanto, enquanto os objetos forem chinelos, sofá, pés de mesa, controles remoto e meias, o prejuízo é apenas financeiro. Mas quando os cãezinhos começarem a atacar o jardim, é preciso ficar atento, pois os problemas serão realmente sérios.

Uma pesquisa realizada por estudantes de medicina veterinária da Universidade de São Paulo (USP) elencou as plantas ornamentais mais tóxicas para os pets. De acordo com os dados, a mais tóxica é a Comigo-Ninguém-Pode. Um terço de uma única folha pode matar um cão de porte médio, devido à grande irritação nas vias respiratórias e o fechamento da glote do animal.

Segundo a médica veterinária da Nutriave, Ana Paula Có Lisboa, não é necessário conhecer as plantas de A a Z, mas saber que algumas espécies ornamentais apresentam risco para os pets é extremamente importante. “Os sintomas de intoxicação são parecidos com os de outras doenças, então o dono precisa ter essa informação, para mencionar ao veterinário que irá atendê-lo”, afirma.

Conheça algumas das espécies que são tóxicas para pets:
– Copo-de-Leite
Apesar de não ser tão comum nos lares, possui a mesma substância da Comigo-Ninguém-Pode (oxalato de cálcio) e causa irritação das mucosas e muita dor.

– Antúrio
Essa planta também possui o oxalato de cálcio como princípio ativo e oferece riscos à saúde dos pets, podendo causar inchaço na boca, lábios e garganta, asfixia e vômitos.

– Azaleia
Considerada um símbolo de São Paulo, a azaleia é uma planta muito encontrada como decoração de imóveis. O principio ativo é a andromedotixina, que pode causar distúrbios digestivos no pet.

– Bico-de-Papagaio
Essa planta possui uma seiva leitosa tóxica que, em contato com a pele dos animais, pode causar lesões e conjuntivite. Já a ingestão da Bico-de-Papagaio oferece riscos à saúde de gatos e cachorros, causando náuseas, vômitos e até gastroenterite.

– Espada-de-São-Jorge
Muito utilizada na decoração de ambientes, a Espada-de-São-Jorge possui substâncias de alta toxicidade e pode causar dificuldades de movimentação e de respiração.

– Lírio e Lírio-da-Paz
Comumente vista em lares como peça de decoração, a ingestão dessas plantas pode causar irritação oral e até problemas respiratórios. Em casos mais graves, acarreta alterações renais e neurológicas nos pets.


Leia também: »

Comentários (6)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *