(27) 3255-9999
Home » Geral » Cuidados com os ovinos no período da gestação

Cuidados com os ovinos no período da gestação

06/09/2016

Os cordeiros são animais que precisam de cuidados bem específicos para crescer saudáveis e fortes. O tempo de gestação de uma ovelha é de cerca de 150 dias. No entanto, as últimas seis semanas, ou o terço final da gestação, é o período crucial, pois são formados entre 75 e 80% do peso do cordeiro. Nessa época, a alimentação balanceada e rica de nutrientes é a chave para que as ovelhas tenham uma gestação saudável e os filhotes não tenham problema no desenvolvimento e nem nasçam abaixo do peso. A carência de nutrientes pode diminuir a produção de leite das ovelhas e o instinto materno, aumentando as chances de rejeição do cordeiro. Por esses e outros fatores é que o manejo dos animais durante o período de gestação e lactação é tão importante.

O cuidado com o cordeiro tem início quando ele ainda é um feto e perdura até depois do nascimento. Em uma gestação bem assistida, as reservas energéticas dos filhotes são eficazes por aproximadamente um período de oito horas. Se o cordeiro não se alimentar do leite da mãe antes desse tempo, ele entra em estado de inanição (enfraquecimento por falta de alimento) e pode morrer.

O colostro é um tipo de leite secretado pela maioria dos mamíferos nos primeiros dias de amamentação pós-parto. Esse leite é composto por leucócitos, proteínas, carboidratos e outros nutrientes e é de extrema importância para os cordeiros, pois confere imunidade ao filhote. O colostro possui uma quantidade de imunoglobulinas que só é transferida da ovelha para o cordeiro por meio do leite. Além disso, ainda possui substâncias que ajudam a amadurecer o intestino do filhote, evita o aparecimento de alergias, infecções e diarréia.

Outro fator importante é identificar a pesagem dos filhotes ao nascer e ao desmame. Assim, é possível selecionar as melhores ovelhas, já que as que produzirem mais leite irão desmamar cordeiros mais pesados e saudáveis. Por outro lado, quanto menor o peso do filhote ao nascer, maior será a probabilidade do cordeiro vir à óbito. Após o nascimento deve ser realizada a cura do umbigo dos filhotes. Normalmente é utilizada tintura de iodo, que facilita a cicatrização e evita infecções. Esta é uma fase muito delicada e que necessita de muito cuidado e atenção dos criadores, para que os cordeiros cresçam e se desenvolvam de forma saudável e forte.


Leia também: »

Comentários (0)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *