(27) 3255-9999
Home » Geral » Obesidade em cães e gatos

Obesidade em cães e gatos

20/04/2017

O sobrepeso não é mais uma doença que atinge apenas os humanos. Cães e gatos também sofrem as consequências de estar acima do peso ideal e, pior, muitas vezes o seu tutor não considera que esse seja um problema grave.

E engana-se quem pensa que obesidade em cães e gatos não é um problema que precisa ser combatido. As consequências clínicas para os pets são grandes e podem diminuir a expectativa de vida dos animais. O primeiro passo é o tutor ter a ciência de que seu pet está acima do peso e realizar avaliação de condição corporal, que são simples e podem ser utilizadas para ter o primeiro entendimento da situação do pet. No entanto, o recomendado é que a classificação do Escore de Condição Corporal (ECC) seja realizado pelo médico veterinário, para uma avaliação completa.

Para identificar o sobrepeso, apalpe as costelas do seu animal. Se tiver dificuldades para sentir os ossos, esse pode ser um indicativo. Além disso, identifique se a cintura do animal é bem definida olhando o animal de cima e a quantidade de gordura abdominal.

Um estudo recente revelou que 66% dos tutores tendem a achar normal a condição de sobrepeso ou obesidade do seu animal. E, por isso, traçar um paralelo com os seres humanos pode ser uma boa saída para assimilação. Em um gato, por exemplo, que possui como peso ideal 4kg, um quilo a mais representa cerca de 16kg a mais em um ser humano que deveria pesar em média 65kg.

Alguns dos erros mais comuns que culminam no sobrepeso de cães e gatos está relacionado ao manejo incorreto dos tutores. Fornecimento do alimento errado, em quantidades acima da necessária, petiscos em excesso e o sedentarismo são os principais fatores que desencadeiam a obesidade.

O diagnóstico e o tratamento da obesidade em cães e gatos são peças fundamentais para garantir melhor qualidade de vida e longevidade aos pets, e a força de vontade do tutor é, sem dúvidas, o fator crucial para o sucesso do tratamento. A responsabilidade do médico veterinário é conscientizar o tutor em relação aos benefícios e malefícios para o animal e a do tutor, é claro, é prezar pela saúde e bem estar do seu animalzinho de estimação.


Leia também: »

Comentários (1)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *