(27) 3255-9999
Home » Geral » Manejo correto reduz diarreia em bezerros

Manejo correto reduz diarreia em bezerros

04/07/2016

 

Com um aumento da taxa de mortalidade de bezerros devido à diarreia infecciosa que chega a 34% no mundo todo, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) elaborou um guia sobre a forma correta de manejo para controlar a doença. A diarreia infecciosa ocorre devido à desidratação causada pela doença por aumentar a frequência e a quantidade de excrementos que o animal elimina. Com o manejo correto, controle e prevenção dos microrganismos é possível reduzir significativamente os prejuízos com a diarreia.

O material disponível no site da Embrapa para download gratuito, apresenta causas, medidas profiláticas, técnicas de manejo, diagnóstico, prevenção e tratamento para a doença.

Efeitos da diarreia em bezerros

A maioria das mortes devidas à diarreia ocorre nas primeiras duas semanas de vida do animal, quando o sistema imunológico ainda não é completamente formado. Além disso, a debilidade (ou fraqueza) do animal o deixa suscetível a adquirir outras infecções e retarda o desenvolvimento do filhote. A diarreia causa baixo desenvolvimento dos animais, que ficam desidratados e desnutridos.

As diarreias devem ser prevenidas e controladas, procurando sempre identificar sua causa. Dessa forma, é possível realizar um tratamento específico e eficiente para combater o agente causador. Os animais que apresentam sintomas da doença devem ser isolados e rapidamente tratados com os medicamentos adequados e dieta balanceada. É importante o acompanhamento de um médico veterinário em casos de contaminação do rebanho.

 

 


Leia também: »

Comentários (0)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *