(27) 3255-9999
Home » Geral » Como cuidar do seu filhote

Como cuidar do seu filhote

23/08/2016

Assim como as crianças, os filhotes necessitam de ótima alimentação, vacinas para se protegerem em cada fase do crescimento e uma vermifugação adequada. No primeiro quesito, as rações da Nutriave dão todo o apoio necessário, com alimentos completos e nutritivos específicos para cães e gatos filhotes. Da mesma forma, a vacinação e a vermifugação são, sem dúvida, cuidados muito importantes para proteção do gato ou cão em toda as fases de vida. Os animais precisam ser imunizados, antes de serem colocados em contato com outros animais, pois podem contrair doenças.

No início da vida do gato e do cão, a orientação é realizar a vermifugação aos 30 dias de vida, repetindo a dose após 15 dias. Alguns veterinários orientam fazer vermifugação mensal durante os seis primeiros meses. E depois, o procedimento precisa ser realizado trimestralmente, pois pets adultos também são passíveis de doença.

Quanto às vacinas, é comum no Brasil cães serem vacinados com a chamada V8 ou V10, que protege contra as principais doenças. A primeira dose deve ser dada entre seis e oito semanas de vida, com dose de reforço após 21 dias. Nesta mesma semana, o cãozinho precisa ser vacinado contra gripe canina e giardíase. Após 21 dias da segunda dose, é realizada a terceira e última dose da V8 ou V10, as doses de reforço de gripe canina e giardíase e a vacina anti-rábica, que previne a raiva. Todas essas vacinações deverão ser repetidas uma vez por ano.

Já os gatos costumam ser vacinados contra leptospirose, parvovírus, hepatite, cinomose e o vírus da parainfluenza. Normalmente a primeira dose da vacina múltipla é aplicada entre 45 e 60 dias de nascido, a segunda 21 dias após a primeira dose e a última dose, 21 dias após a segunda. A partir dos quatro meses, é necessário ainda aplicar a vacina anti-rábica. Após o primeiro ano de vida, o animal deve ser vacinado anualmente com uma dose de cada vacina já recebida.

Para continuar lendo mais sobre os cuidados durante a vacinação, clique aqui.


Leia também: »

Comentários (0)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *