(27) 3255-9999
Home » Geral » Brucelose: prevenção é vacinação

Brucelose: prevenção é vacinação

16/03/2017

A brucelose é uma doença que afeta o gado, causa abortos e, em algumas vezes, infertilidade no rebanho. Nem todo criador sabe identificar a doença, cuja única maneira de evitar é por meio da vacinação, que é obrigatória para bezerras entre 3 e 8 meses de idade. É muito importante que as bezerras sejam vacinadas ainda jovens, já que a enfermidade é característica das fêmeas adultas e em gestação.

Existem dois tipos de vacinas disponíveis no mercado:
Vacina B19: indicada somente para fêmeas com idade entre 3 e 8 meses.
Vacina RB51: indicada para bezerras acima de 8 meses que não foram vacinadas com a vacina B19 e fêmeas adultas, que fizeram exame de brucelose sendo este negativo.

O contágio normalmente se dá por meio da interação entre animais infectados e os sadios e a via de infecção mais comum é a oral. As fêmeas que possuem a doença e sofrem o aborto, podem eliminar uma grande quantidade de bactérias, contaminando assim o meio ambiente. Além disso, os bezerros que se alimentam de leite de fêmeas contaminadas correm o risco de se tornar o hospedeiro da bactéria e, mais tarde, eliminá-la por meio das fezes, infectando o pasto.

É de extrema importância o criador realizar o acompanhamento do rebanho com um veterinário de sua confiança, pois a Brucelose é uma doença delicada, que pode causar queda na produção de leite das vacas e infertilidade, causando prejuízos em diferentes aspectos para o criador.


Leia também: »

Comentários (0)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *